Press Release

Acaba de ser lançada a coletânea definitiva para homenagear o centenário de Vinicius de Moraes, organizado pela Na Cara e Coragem e contado com artistas de diversas localidades, em 25 faixas é demonstrado todo nosso respeito e admiração ao Poetinha.
A série #Partiu é uma coletânea anual que homenageia um mestre da Música, sendo este ano (2013) a segunda edição, na primeira edição o homenageado foi o Gonzagão e foi lançado com o título #PartiuExu (alusão a cidade natal). São aceito versões, remixes e músicas que fazem referência ao homenageado. Vale ressaltar que não há uma seleção de quem entra ou não na coletânea, por isso, todos que enviam são aceitos independente da qualidade do áudio ou relevância do artista, pois a premissa é ressaltar que todos são bem vindos; além de comprovar que alguns mestres da música ultrapassam as barreiras de estilo, faixa etária e formação, se tornando globais e universais. E Vininha se encaixou perfeitamente.
Esse álbum esta livre pra ser baixado em diversos sistemas de hospedagem da rede de forma que fique democrático imparcial e livre, além do blog oficial do projeto http://partiuitapua.blogspot.com.br. Seguindo a tradição desta obra que sempre será lançada dia 13 de dezembro esse ano não pode ser diferente. Dentre os projetos que podemos destacar é a presença da Orquestra Brasileira de Música Jamaicana, Nosso Querido Figueiredo, Kill The Bass, dentre outros.
A coletânea foi dividida em cinco períodos da vida de Vinicius de Moraes, a primeira contemplando a sua Fase Bossa Novista dentre as interpretações podemos citar de “Eu Não Existo Sem Você” por Lara Kimberlly e “O Amor Em Paz por Mind Movies”.  A segunda fase contempla a Parceira com Baden Powell e seus Afro-Sambas, dentre as faixas temos “Tristeza E Solidão” com o Projeto Quatropata e “Canto de Ossanha” remixado por M.RUX (diretamente de Berlim). A terceira fase temos a Parceria com Toquinho dentre as faixas podemos citar “Onde Anda Você” pela Tribo Brasil e “O Velho E A Flor” com a bela voz de Maria Juliana. A quarta etapa é dedicada A Arca De Noé e Seu Legado Infantil dentre as interpretações podemos citar “Marimbondo” pelo Coelhinho Felpudo e “Aquarela” por Xarles Xavier. A última fase é dedicada a Produção em Verso contando com a presença da Aparelhagem Malk Espanca e sua versão para “Poética” e Misantropskia interpretando Morte.
A capa foi desenhada por Daniel MM, logo de Felipe Manhães, Desenhos do encarte pela artista plástica Gabriela Boechat e curadoria de Tiago Malta. Essa é nossa homenagem ao Poetinha espero que gostem e até ano que vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário